Morre Dalton Dória: ex-deputado estadual, procurador de Estado e vereador

328

Morreu nesta quinta-feira, 12, na Santa Casa de Maceió, o ex-vereador Dalton Braga Dória. Ele foi internador para se submeter a uma cirurgia cardiovascular, mas não resistiu.

Bacharel em Direito, especialista em Filosofia e Procurador de Estado. Gostava de poesia e era leitor habitual dos clássicos do pensamento universal.

Foi  secretário de Cultura de Maceió, deputado estadual, vereador e tinha militância política no PSDB.

Uma de suas últimas aparições na imprensa alagoana foi na Gazeta der Alagoas, onde era cronista. Nas páginas do jornal fez uma reflexão sobre a solidão, no texto a seguir:

“A solidão mais difícil é a solidão do homem consigo mesmo, é a solidão existencial. A solidão da singularidade é a que mais compensa e a que mais maltrata. A primeira é a solidão que se impõe sobre você. Nela nos encontramos literalmente sozinhos. Mas há a solidão que nós procuramos: a solidão para reflexão interior, a solidão povoada, que nós encontramos no fundo da noite, no remanso da nossa biblioteca, a conversar com os clássicos como se fossem pessoas da nossa convivência. Se não me falha a memória, Maquiavel, autor de O Príncipe, certa vez disse que chegava a ver fisicamente os personagens do seu livro. Assim acontece comigo, na solidão de uma noite, lendo Montaigne, aquele monumento de sensibilidade. Olhando seu retrato, cheguei quase a vê-lo a escrever os seus Ensaios. Heidegger nos diz que, por natureza, somos literalmente sozinhos. Nascemos e decidimos o que tem de mais essencial, na solidão de nós mesmos. As grandes dores, por mais afetuosa que seja a solidariedade, nunca é como quem está sofrendo, porque ninguém sente aquilo que não vive. Portanto, a amizade compõe e completa – melhor, ajuda a convivência humana. Amizade é fundamental. A verdadeira amizade é fundamental para a convivência humana. Mas entendo que a solidão mais triste é a do homem no desencontro consigo mesmo”. (Dalton Doria)

O presidente da Associação dos Procuradores do Estado, Flávio Gomes de Barros, divulgou nota de pesar da entidade lamentando a morte de Doria.

O corpo de Dalton Dória está sendo velado no cemitério Parque das Flores, onde o sepultamento será realizado, às 17 horas.

COMPARTILHAR