Sinal vermelho nos Bancos! Bradesco tem queda de 41,9% no lucro líquido do 1º trimestre

Inadimplência sobe e atinge maior patamar desde meados de 2018.

110

O Bradesco anunciou uma queda de 41,9% em seu lucro líquido no 1º trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado. Foi o pior resultado para um trimestre desde 2017.

Segundo o banco, o resultado foi impactado principalmente por maiores despesas com reservas para devedores duvidosos, no valor de R$ 2,7 bilhões no trimestre. O Bradesco agora possui um colchão de proteção total de 5,1 bilhões de reais para enfrentar um cenário econômico adverso, que pode levar a mais calotes, falências e perda de empregos.

Os ganhos comerciais do banco também foram atingidos por mercados mais voláteis e caíram 27,8% em relação ao ano anterior, para 1,535 bilhão de reais.

COMPARTILHAR