HGE assistiu 902 pessoas no fim de semana; 464 na Unidade para Síndromes Gripais

74

Repórter: Thallysson Alves
Repórter Fotográfico: Thallysson Alves

O último fim de semana no Hospital Geral do Estado (HGE) foi bastante movimentado. Ao todo, 902 pessoas se dirigiram para o maior hospital de urgência e emergência de Alagoas; 464 destes na Unidade de Urgência para Síndromes Gripais, localizada no Ginásio do Sesi. Nesta segunda-feira (18), as equipes continuam com a missão de salvar vidas, acolhendo todos os que necessitam de atendimento médico. 

O maior registro no hospital continua com os casos clínicos, 308, representando cerca de 70% da demanda. Os acidentes também ocupam a segunda motivação para procura das equipes multidisciplinares; foram 114, sendo 67 casuais, 45 de trânsito e 2 de trabalho. Também houve a notificação de 14 agressões, uma tentativa de suicídio e um queimado.

No centro de triagem, o fluxo de pessoas também tem sido intenso. Dos 464 acolhimentos, 358 necessitaram de teste rápido para Covid-19 e 47 casos revelaram positivos. É tanta gente, que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) estendeu o espaço de espera nesse último sábado (16) com a montagem de duas tendas e distribuição de 100 cadeiras, conforme as orientações de distanciamento social. 

“Temos atendido todos os que precisam, no hospital e na unidade para síndromes gripais. O HGE tem por natureza suas portas abertas, não as fechamos pra ninguém, da criança ao idoso, independente de classe social. Também é uma unidade que cura, prova disso é que nesse fim de semana concedemos alta médica a 298 usuários. Internamos 92 pessoas, transferimos 22 pacientes para outros hospitais e realizamos 21 cirurgias. Ou seja, nossos serviços seguem com todos os cuidados que devem receber”, afirmou o gerente do HGE, Paulo Teixeira.

É válido recordar que o HGE, justamente por se tratar de um hospital “portas abertas”, e diante do crescimento de casos suspeitos da pandemia do novo coronavírus, tem recebido, no hospital, espontaneamente, acometidos por vírus, mesmo orientando aos usuários que tomem como preferência outras unidades de saúde. Ciente disso, a Sesau está viabilizando junto à Central de Regulação do Estado, a transferência para os hospitais de referência. 

SEXTA-FEIRA – No último dia 15 de maio, o HGE acolheu 236 pessoas, sendo 191 casos clínicos, 35 acidentes (21 casuais, 12 de trânsito e dois de trabalho), sete pessoas envolvidas em agressões, dois suicidas mal sucedidos e um queimado. Já no centro de triagem foram 265 atendimentos, 227 testes rápidos e 34 resultados positivos.

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR