HGE registra 139 altas médicas na quinta; mais de 60% dos atendimentos

72

Repórter: Thallysson Alves
Repórter Fotográfico: Thallysson Alves

Somente na sede do Hospital Geral do Estado (HGE), 210 atendimentos foram registrados na quinta-feira (28), sendo 163 casos clínicos, 38 acidentes, seis agressões, dois que atentaram contra a própria vida e mais um ferido por queimadura. E, nesse mesmo dia, 139 altas médicas foram registradas, o que se equivale a aproximadamente 66% da demanda assistida.

“Isso comprova que os nossos serviços têm qualidade e gerado resultados benéficos à saúde pública. Utilizando essa última quinta-feira como amostra, também efetuamos 40 internações, realizamos 26 cirurgias e autorizamos 10 transferências para outras unidades de saúde. Esse tem sido o resultado de uma equipe que, mesmo com as dificuldades enfrentadas durante a pandemia da Covid-19, está empenhada em continuar acolhendo quem mais precisa”, afirmou o gerente do HGE, Paulo Teixeira.

Já na Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi, 352 pessoas foram assistidas pela equipe multidisciplinar. Dessas, 315 foram submetidas ao teste rápido, apresentando o resultado negativo para o novo coronavírus em 228 casos. Já 124 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus.

“Apesar dos resultados positivos continuarem sendo menores que os negativos, as equipes permanecem oferecendo, a todos, as avaliações médicas que necessitam; que incluem a prescrição de medicamentos e de atestado médico. Se percebermos a necessidade de internamento, nós encaminhamos ao hospital de referência. Mas, os casos mais graves, no nosso centro de triagem, têm sido poucos, a maioria tem superado a doença através dos cuidados orientados para o isolamento domiciliar”, avaliou a enfermeira e coordenadora da Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi, Maryana Costa.

Para mais informações sobre a Covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponibiliza o Alô Saúde. O serviço funciona pela modalidade teleatendimento gratuito (consulta à distância) com médicos da rede pública e atende pelo telefone 0800 082 0019, pelo aplicativo WhatsApp (82 3315-1532) e pelo chat no site da Sesau (www.saude.al.gov.br).

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR