HGE atende mais de 800 pessoas no final de semana

19

Repórter: Neide Brandão

Repórter Fotográfica: Neide Brandão

Nos três dias do final de semana, o Hospital Geral do Estado (HGE) contabilizou 809 atendimentos, sendo foram 384 na sede da unidade hospitalar e 425 na Central de Triagem para a Covid-19. O dia mais movimentado foi a sexta-feira (19), com 169 acolhimentos no hospital e 207 na Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi.

No hospital, os casos clínicos apontaram 291 assistências, seguidos dos acidentes (90), das agressões (2) e atendimento a uma vítima de queimaduras. A Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi realizou 378 testes rápidos para Covid-19 nos três dias do final de semana, onde 84 pessoas apresentaram resultado positivo.

O HGE ainda registrou 122 altas médicas, 85 internamentos, 52 cirurgias e 39 transferências. Dos 90 acidentes: 53 foram casuais, 33 de trânsito e quatro de trabalho. E das agressões: uma foi causada por luta corporal, uma por arma de fogo.

O médico Paulo Teixeira, gestor da unidade hospitalar, ressaltou que os números de atendimentos foram menores no complexo hospitalar no último final de semana comparado com os outros do mês. “Estamos observando uma redução nos números do HGE e como somos o espelho da saúde alagoana, acreditamos que a pandemia está se estabilizando”, falou o médico.

Segundo ele, apesar do HGE não ser referência para a Covid-19 recebe casos, alguns bem graves, com indicação de transferência imediata. A unidade hospitalar também vem testando a população na Central de Triagem localizada no Ginásio do Sesi.

“Para se ter uma ideia, no primeiro final de semana de junho tivemos mais de mil atendimentos (1.356), com 189 positivos para o novo coronavírus na Central de Triagem. No segundo, os números de atendimentos baixaram um pouco, mas, ainda estiveram acima dos mil (1.183), já na Central de Triagem tivemos um pico de positivos, com 262 pessoas com a Covid-19. No penúltimo final de semana os números de atendimento começaram a reduzir, foram 943 no geral, com 122 positivos. Agora reduzimos mais ainda, isso é muito bom”, concluiu.

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR