Em quatro meses de pandemia, Arsal realiza 7.041 abordagens nas rodovias de Alagoas

45
Apenas os que transportam trabalhadores dos serviços essenciais e realizam atendimento médico estão liberados nas blitz's

Entre várias medidas adotadas em Alagoas para minimizar o índice de contaminação pela Covid-19, a suspensão do transporte intermunicipal de passageiros – definida por decreto governamental desde o dia 19 de março -tem oportunizado que municípios do Estado alcancem fases mais brandas no plano de distanciamento social. Até esta sexta (17), a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal), responsável por fiscalizar o transporte, realizou, em quatro meses, 7.041 abordagens a veículos em todo o Estado. 


Somente os que transportam trabalhadores dos serviços essenciais e em casos de atendimento médico estão liberados nas blitz’s sanitárias e educativas realizadas em pontos fixos e volantes em toda Alagoas.

As abordagens resultaram em um total de 630 multas e 317 apreensões de veículos flagrados realizando o transporte irregular de passageiros, em descumprimento aos decretos governamentais. 

E o número de multas e apreensões foi decaindo durante o avançar da quarentena, o que demonstra uma sensibilidade da sociedade com relação a importância do isolamento. Os dados do setor de Multa da Arsal apontam que no final de março foram aplicados 281 autos de infração; em abril, 127; em maio, 85; em junho, 90; e nos primeiros 17 dias de julho, 47 foi o total de multas emitidas pela Agência. 

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR