Seades entrega máscaras de tecido à população em situação de rua em Arapiraca

47
O Centro Pop, em Arapiraca, recebeu duas mil máscaras de tecido nesta quinta-feira (20)

Em continuidade às ações de prevenção e cuidado na transmissão da Covid-19 entre a população de maior vulnerabilidade social, a Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades) realizou, hoje (20), a entrega de 2 mil máscaras de tecido ao Centro Pop em Arapiraca. Além disso, na segunda e terça-feira da próxima semana, realizará testagem da Covid-19 em abrigos, albergues e com a população em situação de rua do município.

A testagem para detecção do novo coronavírus será feita em sistema de mutirão, com o apoio técnico das equipes de enfermagem do Centro de Acolhimento e Isolamento Social (CAIS), implantado em Alagoas por meio da parceria entre a Seades e a Fundação Itaú. O trabalho de busca ativa por possíveis infectados segue o mesmo rigor das buscas já realizadas em Maceió: serão utilizados o exame de método RT-LAMP, que disponibiliza o resultado em 24 horas e tem alto grau de confiabilidade. Os exames foram doados pela Fundação Itaú no montante de 5 mil kits.

O CAIS, que a princípio atendia a população da capital alagoana, estendeu o seu acesso à Arapiraca devido ao aumento do número de infectados no município. Os positivados com o vírus, cujo quadro da doença não requer internação médica, mas não possuem local adequado para o isolamento, poderão passar os 14 dias de quarentena no Centro de Acolhimento. Os critérios de acesso continuam os mesmos: testagem laboratorial, autonomia de mobilidade e posse da medicação prescrita dentro do protocolo da Covid-19. 

Daniella Gazzaneo, Superintendente de Avaliação e Gestão da Informação, fala da importância desta ação. “A Seades, em trabalho desenvolvido por sua superintendência SAGI, está executando, em Arapiraca, ações com duas frentes distintas: a entrega de máscaras de tecido à população em situação de vulnerabilidade social e a triagem dos positivados com a Covid-19, para viabilizar o acesso da população ao CAIS. Essa iniciativa reforça a preocupação da Secretaria em colaborar na prevenção e nos cuidados com o novo coronavírus”.

As máscaras de tecido entregues pela Seades são o resultado do financiamento do curso de capacitação em corte e costura de 150 mulheres, mães de crianças atendidas pelo Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN). Foram produzidas 40 mil máscaras de tecido para serem distribuídas em comunidades carentes e demais locais onde se encontrem pessoas em situação de vulnerabilidade social. 

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR