CoronaVac: Profissionais das unidades hospitalares da Sesau recebem 2ª dose a partir de amanhã

8
Aplicação da segunda dose para os trabalhadores da saúde das unidades da Sesau começa nesta quarta

Após o período entre 21 e 28 dias da administração da primeira dose da vacina CoronaVac, os servidores das unidades hospitalares ligados à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) irão tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (10). A estratégia e os critérios para a vacinação seguem o Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

Assim como na primeira etapa, serão imunizados os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19 e os demais trabalhadores das áreas de apoio do Hospital Geral do Estado (HGE), do Hospital Regional do Norte (HRN), do Hospital da Mulher (HM), do Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA), do Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA) e do Hospital de Emergência do Agreste (HEA).

O processo de vacinação será feito pelas enfermeiras e técnicas de enfermagem do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL), órgão ligado à Sesau. As equipes estarão vacinando os servidores do HRN Porto Calvo, Hospital da Mulher e Hospital Metropolitano de Alagoas, em Maceió, até a próxima sexta-feira (12), das 8h30 até às 16h.

Na maior unidade hospitalar de Alagoas, os trabalhadores do HGE poderão receber a segunda dose da vacinação até quinta-feira (18). Já os servidores do Hospital Escola Dr. Helvio Auto e do HEA poderão ser imunizados até a próxima segunda-feira (15).

Os trabalhadores da Maternidade Escola Santa Mônica (MESM), da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Tabuleiro e do Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) serão vacinados a partir da próxima semana. Os servidores da MESM na terça-feira (16), os da UPA Tabuleiro na quarta-feira (17) e os do Lacen na sexta-feira (19).

Orientações – Para tomar a segunda dose da vacina, os servidores precisam, preferencialmente, retornar a unidade de saúde em que receberam a primeira dose do imunizante. Todos os trabalhadores deverão apresentar, obrigatoriamente, o cartão de vacinação com o registro da primeira dose da vacina contra a Covid-19. Caso o profissional da saúde não tenha se vacinado previamente, não poderá receber a segunda dose.

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR