Sesau alerta para o aumento de doenças respiratórias com a chegada do outono

0
Além de usar máscara ao sair, é necessário proteger as pessoas ao tossir e espirrar para não disseminar vírus

A chegada do outono e da quadra chuvosa traz mudanças climáticas e, com isso, os alagoanos devem redobrar os cuidados para evitar o contágio por doenças respiratórias. Entre as que mais acometem as pessoas neste período do ano estão à influenza, meningite, bronquite, pneumonia e também a Covi-19.

Nesse período, a tendência é que as pessoas fiquem mais tempo em ambientes fechados e, com as temperaturas mais baixas, o sistema imunológico fica fragilizado e mais propenso a desenvolver quadros de doenças respiratórias.

Segundo Diego Hora, gerente de Vigilância e Controle de Doenças Transmissíveis da Sesau, nessa época a humidade do ar também reduz, o que faz com que seja um ambiente propício para o de proliferação de vírus e bactérias.

“Por estarmos em um momento de pandemia e, durante a sazonalidade das doenças respiratórias, toda a população precisa tomar todos os cuidados necessário para evitar a contaminação. Mas o grupo de pessoas que está mais suscetível a desenvolver os sintomas mais graves das doenças são os idosos, e os que possuem doenças crônicas, por terem uma condição de saúde mais frágil”, disse o gerente.

Transmissão – De acordo com Diego Hora, a transmissão dessas doenças acontece de pessoa para pessoa, no ato de tossir, falar e espirrar. “Para evitar a contaminação, é essencial que a população utilize máscara, faça a frequente higienização das mãos, evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca, mantenha os ambientes ventilados, evite aglomerações e respeite o distanciamento social, além de privilegiar hábitos saudáveis, com uma alimentação balanceada e ingestão de líquidos”, orientou.

Em caso de sintomas gripais, como febre persistente, dor de cabeça, dor de garganta e cansaço, a população deve procurar atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA). Para as pessoas que estiverem com suspeita de infecção pelo novo coronavírus, também podem procurar as Centrais de Triagem, que disponibilizam à população teste rápido e exame RT-PCR.

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR