Maceió oxigena a cultura local com a abertura de editais para contemplar 10 mil artistas

2

FMAC tem como uma de suas prioridades focar na produção cultural dos bairros da capital alagoana

Mais de 10 mil artistas locais serão contemplados com R$ 2,5 milhões, através dos dez editais lançados pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC). O fomento irá beneficiar segmentos da arte cênica, literatura, música, dança, artesanato, cultura popular e sociedade civil. A medida, também irá potencializar o calendário cultural da cidade

Os incentivos à cultura local promovidos pela Prefeitura de Maceió estão ofertados nos seguintes editais: Credenciamento de grupos culturais; Xangô rezado alto; Cortejo do Natal dos folguedos; Credenciamento de cultura popular; Oficina de folguedos; Fornecimento de figurinos; Credenciamento de festival bumba meu boi; Credenciamento grupos culturais de matriz africana; Oficina de capoeira e Folguedos por todo canto. Todos lançados em apenas um mês.

Para o presidente da Liga dos Cocos de Roda de Alagoas, Elvis Pereira, os valores culturais da capital alagoana precisam ser amplamente incentivados e apresentados ao público. “São ações como essas que nos possibilitam mostrar as produções culturais dos bairros e estimular a troca de saberes voltados à cultura da nossa cidade”, destacou Elvis.

A presidente da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), Mírian Monte, considera que o feito representa a consolidação dos direitos culturais dos maceioenses. Ela ressalta que a FMAC realizou uma reestruturação administrativa, resultando na criação de metodologias que atendem as demandas da população, com transparência, diálogo com os artistas e responsabilidade com a gestão cultural. Com isso, o órgão retomou convênios que estavam paralisados. 

“Isso significa que os maceioenses terão arte por todos os cantos. A pandemia afetou o bolso e a alma de todo mundo, mas com responsabilidade e cuidado com a coisa pública, nós fortalecemos a nossa cultura e os artistas locais. O lançamento desses editais representa um abraço da FMAC à nossa comunidade cultural”, enfatizou Mírian Monte.

Para consultar cada edital basta acessar o portal da Fundação no site oficial da Prefeitura de Maceió e clicar na aba ‘Editais’. Para se inscrever, é necessário comprovar no mínimo um ano de atividade continuada, atestada através de portfólio (certificados, recortes de jornais, revistas, postagem em sites, blogs, redes sociais, vídeos, registro fotográfico, declarações etc.). Lembrando que só é possível inscrições através de CNPJ.

Os recursos são oriundos de quatro convênios firmados entre o município e o Ministério do Turismo para o fomento à cultura, através de emendas parlamentares de autorias do senador Rodrigo Cunha (PSDB) e da deputada federal Tereza Nelma (PSDB). Em todos os termos firmados há uma contrapartida da Prefeitura, já garantida pela gestão.

André Aguiar / Secom Maceió

Fonte: Prefeitura de Maceió

COMPARTILHAR