Referencial Curricular vai nortear rede municipal de ensino

3

Documento foi construído tomando como referência a Base Nacional Comum Curricular e norteia os princípios pedagógicos para rede

Os profissionais da educação da rede municipal participarão de um seminário sobre o Referencial Curricular de Maceió (RCM) a partir desta quarta-feira (22). Objetivo é formar os professores e gestores escolares sobre o referencial. O documento norteia os princípios pedagógicos da rede, impactando diretamente a trajetória educacional dos alunos. A ação, coordenada pela diretoria de Gestão Educacional da Secretaria Municipal de Educação (Semed), vai até esta sexta-feira (24).

Construído por uma comissão de técnicos da Semed, envolvendo momentos de estudo e trabalho, o referencial espelha a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), estabelecida pelo Ministério da Educação.

Ação busca formar os professores e gestores escolares sobre o referencial

A secretária-adjunta de Gestão Educacional sublinhou a importância da medida e da qualificação na rede, e parabenizou os setores da Secretaria pelo trabalho conjunto. “Vamos continuar esse trabalho até que ele se consolide como uma política de educação, porque ele é a cara do nosso município. Fomos um dos primeiros a concluir o seu referencial e eu tenho muito orgulho dessa equipe”, afirma Emília Caldas.

Emília Caldas sublinhou a importância do referencial e da qualificação na rede. Foto: Luan Oliveira/Ascom Semed

A diretora de Gestão Educacional relembrou o trabalho das equipes para a criação do Referencial Curricular da capital. “Estamos dando continuidade a esse trabalho, validando junto às escolas. Todo o estudo foi feito, desde o início, para que chegássemos a um currículo voltado e alinhado à realidade e a necessidade local das nossas escolas”, destaca Tânia Almeida.

De acordo com Vera Pontes, coordenadora de Centros e Núcleos da Semed, que cuida da formação continuada dos professores da rede, o seminário é um importante projeto que envolve ações formativas sobre o referencial. “É uma iniciativa essencial para que a gente possa ter fortalecido na rede esse documento, e incentivar as escolas a usarem ele em seus planejamentos e na proposição de seus projetos de aprendizagem”, diz.

Tânia Almeida relembrou o trabalho das equipes para a criação do Referencial Curricular da capital. Foto: Luan Oliveira/Ascom Semed

Além da Coordenação de Centros e Núcleos e a Direção de Gestão Educacional, articulam a formação também a Coordenação de Ensino Fundamental e de Ensino Infantil da rede, etapas contempladas no Referencial Curricular.

Programação

Nesta quarta-feira (22), a formação foi aberta com uma mesa redonda que discutirá a transição da Educação Infantil para o Ensino Fundamental, às 9h. Logo depois, durante a tarde, será discutida a Educação Infantil no município e o papel do referencial na etapa.

Nos dias 23 e 24, as capacitações terão como os diferentes componentes curriculares do Ensino Fundamental da rede e como as normativas do referencial podem ser aplicadas no dia a dia escolar. “Essas formações são uma preocupação nossa e vamos estar dando continuidade a esse processo formativo para que implementemos, de forma crítica e dialógica, o referencial currícular da rede”, finaliza Vera.

Luan Oliveira (estagiário)/Ascom Semed

Fonte: Prefeitura de Maceió

COMPARTILHAR