Desenvolvimento Sustentável recupera ponto de descarte irregular no bairro de Jaraguá

0

Atividade envolveu limpeza, educação ambiental e plantio de mudas de árvores

A Prefeitura de Maceió segue atuando para coibir o descarte irregular na capital. Desta vez, nesta terça (28) e quarta-feira (29), as equipes da Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) estiveram no bairro do Jaraguá transformando o antigo ponto crônico de lixo, na Avenida Walter Ananias, em um local sustentável.

Cerca de 20 profissionais da Superintendência realizaram a limpeza do local, retirando mais de seis toneladas de resíduos. Além disso, foram reutilizados mais de 100 pneus e o plantio de 40 mudas de árvores. A ação beneficiou mais de 700 pessoas que residem ou transitam pela região.

Os agentes desenvolvem, diariamente, ações de limpeza de resíduos e plantio de mudas de árvores nativas em áreas afetadas pelo problema. Somente este ano, mais de dez pontos já foram recuperados.

Kedyna Tavares, diretora de Planejamento da Sudes, afirma que a busca pelo fim dos pontos de descarte irregular é longa, mas que o órgão está buscando mudar essa realidade de forma incansável.

“Sabemos como é difícil eliminar esses pontos, pois as pessoas não colaboram e continuam praticando o descarte irregular. Porém, estamos mapeando e realizando essas ações, que além de fazer a limpeza, fazem o plantio de mudas. Também integramos ações de educação ambiental para que o cidadão comece a atuar de forma positiva na região onde reside”, disse Kedyna.

Educação ambiental

Além dos serviços de recuperação do ponto, a equipe de educação ambiental da Sudes percorreu a região orientando moradores e comerciantes sobre a coleta domiciliar e coleta de volumosos, além do que descartar nos Ecopontos e nos Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) espalhados pela capital.

Maria Higina relata sua preocupação com proliferação de animais peçonhentos causada pelo acúmulo de lixo. Foto: Ascom Sudes

Moradora do bairro há 15 anos, Maria Higina explica que o acúmulo do lixo contribui para a proliferação de animais peçonhentos e agradece pela ação de recuperação. “Sempre aparecem muitos ratos, escorpiões e até cobras. Esse lixo que as pessoas descartam errado ajuda nesse aumento. Agora, com essa limpeza e as mudas que foram plantadas eu e meus vizinhos ficamos agradecidos, pois esses bichos não irão mais aparecer”, disse a dona de casa.

A atividade ainda contou com a participação de algumas crianças, filhos de moradores, que contribuíram com o plantio de uma árvore.

“Nossos educadores vão de porta em porta orientando e dialogando com o cidadão para que ele tome conta da sua região, faça denúncias, evite o descarte irregular. Somente educando, vamos conseguir ter a população como nossa aliada na tentativa de transformar Maceió em um local mais sustentável. Hoje, contamos também com a ajuda das crianças que vivem na região. Esperamos que com a ação de hoje elas desenvolvam sua cidadania e consciência com o meio ambiente”, concluiu a diretora.

Além dos servidores da Sudes, dez jovens aprendizes da Naturalle, empresa responsável pela coleta domiciliar da parte baixa da capital, que trabalha em parceria com a Prefeitura para tentar diminuir o despejo inadequado na cidade, também participaram da ação.

Jovens aprendizes da Naturalle dão apoio nas ações. Foto: Ascom Sudes
Jovens aprendizes da Naturalle dão apoio nas ações. Foto: Ascom Sudes

Desde o início da gestão, em janeiro, já foram retirados mais de 170 mil toneladas de resíduos sólidos em todos os pontos de lixo mapeados pela Superintendência.

Alexandre Vieira/Ascom Sudes

Fonte: Prefeitura de Maceió

COMPARTILHAR