Vigilância apreende uma tonelada de linguiça em fábrica da parte baixa de Maceió

0

No local, fiscais encontraram produtos fora da validade e impróprios para consumo

A Vigilância Sanitária de Maceió interditou, nesta terça-feira (28), uma fábrica de produção de linguiça localizada na parte baixa da cidade. No local, foram encontrados alimentos fora do prazo de validade e impróprios para consumo humano. Além disso, fiscais do órgão constataram que o estabelecimento não possuía alguns documentos essenciais para o funcionamento do negócio, como alvará sanitário e Selo de Inspeção Estadual.

Produtos estavam foram da validade e impróprios para consumo humano. Foto: Visa Maceió

De acordo com o coordenador geral de Vigilância Sanitária, Airton Santos, o estabelecimento também foi notificado e multado. O gestor afirmou que o local só voltará a funcionar após sua adequação a todas as normas estabelecidas pela Vigilância de Maceió.

“Além da ausência de documentação, a fábrica foi flagrada pelos nossos fiscais com 1.050kg de linguiças inadequadas para consumo e, por isso, tivemos que fazer a apreensão dos produtos e interditar o local. Lembrando que nós só interditamos um estabelecimento em último caso, pois nosso trabalho principal é educar a população para conscientizar sobre a importância de comercializar produto de qualidade para a população”, explica o coordenador.

As equipes da Vigilância têm atuado diariamente na fiscalização de diversos segmentos, como supermercados, avícolas panificações, frigoríficos, restaurantes, lanchonetes e mercados públicos. Nesses locais, são verificadas as condições de armazenamento, manipulação, conservação e comercialização dos alimentos.

Disque Denúncia

Para contribuir com as fiscalizações, a Vigilância Sanitária também conta com um Disque denúncia, que funciona no 3312-5495, Pelo telefone, maceioenses podem solicitar inspeção de estabelecimentos irregulares no município.

Polyanna Monteiro / Ascom SMS

Fonte: Prefeitura de Maceió

COMPARTILHAR