No primeiro dia da semana, HGE concede mais de 60 altas médicas

17

Repórter: Thallysson Alves
Repórter Fotográfica: Carla Cleto

Somente no primeiro dia dessa semana, o Hospital Geral do Estado (HGE) concedeu alta médica para 62 pessoas. Ainda na segunda-feira (15), foram registradas 171 novas assistências médica, 45 internações e 10 pacientes foram transferidos para outras unidades de saúde. Também foram realizados 13 procedimentos cirúrgicos.

Os casos clínicos na sede da maior unidade de urgência e emergência de Alagoas continuam sendo maioria: ao todo, 126. Os acidentes são a segunda causa de procura pelas equipes multidisciplinares: 42, sendo 32 casuais e 10 de trânsito. Também foram notificados três ocorrências por agressões.

O médico e gerente do HGE, Paulo Teixeira, recorda que os casos de urgência e emergência são aqueles que implicam em risco imediato de morte ou lesões irreparáveis. Desse modo, ele apela que os cidadãos continuem se prevenindo para evitar a busca por unidades de saúde, principalmente durante o período de pandemia da Covid-19.

“É importante afastar hábitos nocivos à saúde e ter cautela nos deslocamentos, dentro e fora de casa. O melhor, durante esse período, é evitar o adoecimento, a necessidade de precisar ir ao hospital. Isso porque, atualmente, estamos com o vírus da Covid-19 acessível em qualquer lugar. E nas unidades de saúde há a passagem constante de considerável número de pessoas, o que aumenta o risco de se infectar. Além disso, o tempo de espera aumenta, conforme o acréscimo da demanda”, explicou.

Central de Triagem – No Ginásio do Sesi, a Central de Triagem acolheu 209 alagoanos e aplicou 186 testes para detecção de anticorpos contra o novo coronavírus. Já 134 pessoas tiveram o contágio com a doença descartado, ou seja, permanecem mais vulneráveis ao contágio, caso não adotem medidas de isolamento social, higiene e uso de máscara.

Fonte: Saúde Alagoas

COMPARTILHAR